segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Reacionários avançam mundo afora

Pela primeira vez, depois da segunda Guerra Mundial, a extrema direita alemã consegue emplacar representantes no Bundestag, Parlamento daquele País. E, pasmem, leitores e leitoras, o Alternativa para a Alemanha (AfD) obteve 87 cadeiras e foi o terceiro colocado com o discurso xenófobo contra as imigrações de e o lema de “devolver a Alemanha aos alemães”. O movimento de avanço da extrema direita é um fenômeno mundial e deve ser motivo de preocupação em todos os sentidos. Quando digo que, no Brasil, o Golpe ainda está em curso, há quem duvide. Talvez fosse o momento de se olhar com mais cuidado para este perigo iminente no País.

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

domingo, 24 de setembro de 2017

Nossa relação com os seres inanimados

Ontem, ao tentar tirar a camiseta, após malhar, senti a dor da perda de um ser inaninado. Há mais de 10 anos, alternadamente, aquela camiseta velhinha, mas, macia; acompanhava-me horas e horas. Rasgou à altura da gola. Pensei: “obrigado, querida; pelos anos de convivência. Você cumpriu o seu papel. A vida segue”. Seres animados e inanimados possuem importância fundamental na nossa vida. De alguma forma, exercem papéis que nem percebemos. E, talvez, só venhamos a nos dar conta quando algo assim acontece. Ainda olhei para a camiseta, vi que o “rasgão” era impossível de ser, digamos, tratado. Botei-a no tanquinho, dei aquela última olhada de despedida e, mentalmente, agradeci de novo. Estarei louco ou a idade nos deixa mais sensíveis? Nem eu sei!

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

sábado, 23 de setembro de 2017

Gonzaga Blantez merece respeito

Ainda sobre as desavisadas críticas à participação de Gonzaga Blantez em um Programa de uma Rede Nacional de Televisão, tenho a vos dizer, leitores e leitora: Gonzaga Blantez merece respeito. É um dos mais profícuos e criativos compositores vivo do Brasil. Quem diz que a nossa cultura é representada pelo Boi Bumbá talvez não saiba que Boi nunca foi genuinamente amazonense. E, se for por isso, Blantez é autor de uma das mais lindas todas do Boi Caprichoso. Que quiser conferir, clique aqui e ouça “Estrela de David”, de Gonzaga Blantez. No mais, sou frontalmente contra esta história de se impor limites à criação e à cultura. Entendam, de uma vez por todas: somos cidadãos do mundo. A Terra é a nossa morada. E quando alguém da qualidade de Blantez escolhe a nossa cidade para morar, deveríamos dar glórias, reconhecer e apoiar o seu trabalho criativo. Nada a mais que isso: faça ele carimbo, boi, salsa, merengue e o que for. Ou ainda vamos manter este nosso permanente complexo de Porto de Lenha? O Amazonas não precisar ser Liverpool para ser grande e reconhecido mundialmente. Basta respeitarmos quem aqui vive.

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.