domingo, 28 de maio de 2017

David Almeida e a interinidade

Ao que tudo indica, o governador interino do Amazonas, David Almeida (PSD), que, convenhamos, não perdeu tempo e apinhou todos os órgãos públicos com a sua foto oficial, não quer a interinidade. Tem planos de completar o mandato do governador afastado José Melo (PROS). A foto oficial, aliás, é uma estratégia para que as pessoas não esqueçam dele. Atitudes simples e excelente articulação entre os políticos o transformam em uma peça diferenciado no xadrez político da sucessão. Almeida tem dito que “fala todos os dias com o senador Omar Aziz (PSD)”. Pelo jeito, pode até falar, no entanto, faz de conta que não é com ele, pois, as atitudes são completamente díspares em relação ao arrogante e prepotente senador. A continuar assim, David Almeida tem potencial para ir muito mais longe até de o quê sonhou.

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

sábado, 27 de maio de 2017

Moro: um coração generoso

Após a absolvição de Cláudia Cunha, esposa de Eduardo Cunha, mesmo com provas cabais, circula pela Internet uma entrevista do procurador Carlos Fernando na qual afirma que vai recorrer da decisão porque, segundo ele, as provas do crime de lavagem de dinheiro são robustas. Chama a atenção, no entanto, um trecho da entrevista. Nele, Fernando diz que a o fato de o juiz Sérgio Moro ter absolvido Cláudia Cunha se deve ao “coração bondoso” do magistrado. Será mesmo? Vá saber! Só Deus sabe!

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

A vingança contra Eduardo Braga

Bastou o senador Eduardo Braga (PMDB) fazer um discurso contra a Reforma Trabalhista, especificamente contra a redução do horário de almoço para meia-hora para o presidente Michel Temer voltar suas baterias contra a superintendente da Zona Franca de Manaus, Rebecca Garcia (PP) ser exonerada do cargo. Os indícios são de que houve retaliação imediata por parte do Presidente da República. E Braga foi ao plenário do Senado para protestar contra a demissão de Garcia. Pelo jeito, o PMDB está dividido e a turma de Renan Calheiros (PMSB-AL) começa a buscar um novo barco e um novo porto para ancorar.

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.