sexta-feira, 25 de maio de 2018

Tempo sombrio e assustador


Sinto-me sem forças. Prestes a desistir de lutar. Vivemos um tempo sombrio. De dor intensa. E fico a me perguntar: como conseguimos tanto retrocesso em tão pouco tempo? Tenho ouvido comentários de arrepiar. E o que é pior: só ouço. E uso este espaço aqui para compartilhar com meus leitores e leitoras as minhas angústias. E não são poucas. “Lula vai mofar na cadeia”, “Ele deveria ser fuzilado”, “Todos deveriam ser mortos”. Infelizmente, ao que parece, a pregação do inominável é doce diante de o quê alguns representantes das “mais diversas classes” defendem. O Brasil se tornou um escravo de si mesmo. Das suas próprias aberrações. Sinto-me só. Dolorosamente abandonado pelos sonhos, pela utopia. Assustado. Preso a um canto qualquer. Nu. Trêmulo. O azedume do momento consome minha resistência. Estou apto a morrer primeiro que os executados pela mente doentia das pessoas com quem convivo ou cruzo pelos ruelas e becos.

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!

Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

O novo-velho cartel dos combustíveis


Está mais do que evidente, em municípios do interior do Amazonas, principalmente, que existe um cartel dos combustíveis no Estado. Com o manifesto dos caminhoneiros contra a alta dos combustíveis, que afeta diretamente a distribuição, se percebe que os preços se comportam do mesmo jeito em cada lugar: quando mudam, são para mais. E todos os postos cobram o mesmo valor. Tal movimento, aliás, é conhecido dos manauenses. Embora denúncias e mais denúncias tenham sido apuradas, nunca um Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) conseguiu provar a existência de um cartel dos combustíveis em Manaus. Nessas horas de crise, porém, até uma criança percebe a existência deste novo-velho cartel. Só não é capaz de ver quem não quer ver!

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!

Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Rebecca e Amazonino juntos


Há um movimento de bastidores na política do Amazonas para que a disputa pelo Governo do Estado, este ano, tenha uma dupla pouco provável quando se falava nas eleições de 2018: Rebecca Garcia (PP) estaria com as malas prontas para ser a vice na chapa encabeçada pelo atual governador, Amazonino Mendes (PTB). De acordo com o “passarinho fofoqueiro”, a aliança eleiçoeira tem sido alinhavada pelo pai de Rebecca, o empresário e médico Francisco Garcia. Ainda não passa de especulação, porém, se trata de uma chapa muito forte, com chances grandes chances de vitória. O certo é que, em breve, o mistério será desfeito!

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!

Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.