quinta-feira, 26 de abril de 2018

Toda dependência será castigada


Lembrei-me da obra de Nelson Rodrigues, peça de teatro que virou livro, para fazer o título desta postagem: “toda dependência será castigada”. E não é coisa de “careta”. Se a dependência química faz mal, a dependência emocional, mais ainda. E, talvez, este seja o grande problema da humanidade porque dependência gera compulsão, inclusive, por comprar para presentear. Eis a questão: o capitalismo sobrevive das dependências e compulsões de todos nós. Há quem sobreviva da dependência química, bem como da psicológica. Eis o porquê da necessidade de “toda dependência ser castigada”. Pelo menos para nós que enxergamos a dependência como algo que faz mal.

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!

Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Somos eternos juízes


humanidade: julgar. Somos eternos juízes. Capazes de julgar até as crenças e os deuses dos outros. Eu, por exemplo, critico, vorazmente, as alianças feitas por Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula, feitas para poder governar. Algo que chamam genericamente de “governabilidade”. E se você (ou eu) fossemos o Lula? Será que não faríamos concessões para conseguir os avanços por ele conseguidos em seus dois mandatos? O problema é que as concessões geram a sensação de poder, quem sabe, supremo. Eis a razão da queda de Lula: presunção de poder. Imaginou ter o que não tinha. E foi engolido pelos “parceiros”. Fez o que todos faziam, mas, se embebedou. Talvez eu seja pequeno demais tanto para o julgar quanto para o compreender.

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!

Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

terça-feira, 24 de abril de 2018

Querem cortar as asas dos tucanos


Por três votos a dois o Tribuna de Justiça do Estado de Minas Gerais resolveu manter a condenação do ex-governador do Estado, Eduardo Azeredo (PSDB). Aos poucos, a Justiça e a “mídia golpista” tentam, de todas as formas, fazer crer que “a justiça é para todos”. Não fosse pelo detalhe de um desembargador ler 250 mil folhas em seis dias, o teatro faria sentido. É preciso, no entanto, que “detalhes” como esses sejam apagados para que este desejo de cortar as asas dos tucanos seja realmente tido verdadeiro. Por enquanto, parece mais uma tentativa de descaracterizar a pressa em relação ao ex-presidente Lula para retirá-lo do páreo, fato, ao que tudo indica, já consumado. Esperemos para verificar como fica esta caça aos tucanos.

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!

Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.