segunda-feira, 26 de junho de 2017

Para manipular tudo e não mudar nada

A mídia de Manaus, como a mídia nacional, conjuntamente como os “fakes” das redes sociais, tenta, de todas as maneiras, polarizar a disputa pelo “mandato tampão” do Governo do Amazonas entre Amazonino Mendes (PTB) e Eduardo Braga (PMDB). Mendes, agora, é pintado como “um bom-velhinho”, que saiu da aposentadoria voluntária para “salvar o Amazonas”. Braga, de novo, é “grosseiro, mal-educado e prepotente”. Qual será o objetivo desta polarização? Para mim, muito claro: é não mudar nada. Não deixar que nenhum nome novo, no máximo, Rebecca Garcia (PP) possa governar o Estado. É uma espécie de coronelismo moderno do qual o Estado precisa se libertar. E só há um meio: os próprios eleitores não se deixarem manipular.

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

domingo, 25 de junho de 2017

Rotta muda de rota

Minhas desculpas, leitores e leitoras, pelo trocadilho do título. Mas, não dá para deixar em branco a guinada que o vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta deu na carreira política ao trocar o PMDB pelo PSDB. É claro, existe espaço para mais um trocadilho: ele só trocou PM por OS, pois o DB ficou. Aliás, para ser mais exato, Rotta trocou apenas o M pelo S na sopa de letras que são os partidos brasileiros. A mudança, de rota, tem uma meta: ser o próximo prefeito de Manaus. Alguma sereia deve ter encantado Rotta e ele passou a acreditar que ser do PSDB torna a meta mais fácil. O tempo dirá!

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

sábado, 24 de junho de 2017

Jadelvone Deltrudes quer governar o Amazonas

A disputa pelo mandato tampão, mais conhecido como “eleição suplementar”, ganhou, agora sim, ares de uma disputa carregada de novidades. A maior delas, tem nome e usou a estratégia usada pela maioria dos políticos: deixou para fazer o registro da candidatura, digamos, “ao apagar das luzes”. Ele é ninguém menos que o cabeleireiro Jadelvone Nogueira Deltrudes (PPL). Como não se trata de personalidade muito conhecida no Estado, resolveu adotar “Jardel” como nome eleitoral. Para o eleitoral que reclamava de um nome realmente novo na disputa, resta sair por aí a pedir votos para Jadelvone Deltrudes. Nome mais novo na disputa pelo Governo do Amazonas, não há!

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.