segunda-feira, 21 de agosto de 2017

A relação entre o Amazonas e o Rio

Minha intenção ao dar o título desta postagem não foi fazer nenhum tipo de trocadilho. Muito menos dizer que, às vezes, o amazonense até nega o rio. O que tento e, confesso, minha humilde e pouca inteligência, ainda não foi capaz de captar é “o que o Rio de Janeiro veio fazer na propaganda política de um dos candidatos ao Governo do Amazonas? “ Será que a comparação é capaz de ganhar votos? Só se for daqueles amazonenses que, antes de descobrirem a Praia do Futuro, em Fortaleza, só se reuniam em Copacabana ou no Leblom. Nesta época, a relação de Manaus com o Rio de Janeiro era tamanha que Gilmar, o Popoca, Fabinho e Berg se destacaram em times de futebol do Rio. Nos dias atuais, é mais fácil um amazonense fazer relação com o Beach Park. Será que só eu não entendi? Tomara, porque, assim, inserção pode render muitos votos ao candidato.

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

domingo, 20 de agosto de 2017

Pelo jeito, não tem mais jeito

A se confirmar o que as pesquisas indicam, uma vantagem de Amazonino Mendes (PDT) sobre Eduardo Braga (PMDB) de 65% a 35%, o slogan de Braga, “tem jeito”, já pode mudar para “(não) tem (mais) jeito. Fico a imaginar como é difícil manter alto o moral da tropa quando as pesquisas indicam ser (quase) impossível a vitória. Caso se confirme a derrota, o senador Eduardo Braga perde a mesma eleição duas vezes. É uma lição das mais duras recebidas por um político. Braga descuidou-se das Mídias Digitais e teve a sua imagem de administrador completamente destruída. Terá de se reinventar se ainda quiser vencer uma eleição majoritária como o fez o adversário atual, Amazonino Mendes.

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.

sábado, 19 de agosto de 2017

Reconheçam mulheres que fazem história

Por conta do compartilhamento de uma fotografia com a Comandante da Azul, Aline Lima, um dos meus seguidores, homens, fez uma gracinha dizendo que faltou acrescentar o adjetivo “linda” e uma mulher comentou que eu estaria “paquerando” a Comandante. Dois comentários completamente infelizes. Como na postagem anterior, datada de 19 de junho de 2011, quando voei pela primeira vez com uma mulher de Oficial (co-piloto), fiz questão de, mais de seis anos depois, aos 54 anos, registrar o primeiro momento que uma Comandante pilotava um avião no qual eu estava dentro. Nós homens, e principalmente vós, mulheres, jamais deveriam brincar diante de uma luta tão desigual destas. O machismo está impregnado no mundo que vivemos. E em todos os níveis. Sabem quando a Universidade Federal do Amazonas (UFAM) teve uma reitora? Mais de 100 anos depois de criada. Aprendamos a reconhecer o valor de mulheres que fazem história! Este é o cerne da questão. Nada além!

Antigamente #foratemer, hojemente #temergolpista!


Visite também o Blog de Educação do professor Gilson Monteiro e o Blog Gilson Monteiro Em Toques. Ou encontre-me no www.linkedin.com e no www.facebook.com/GilsonMonteiro.