quarta-feira, 21 de julho de 2010

Transparência admirável

Há que se elogiar a coragem do ex-governador do Amazonas, Eduardo Braga (PMDB), em registrar junto ao Leão da Receita Federal, tim-tim por tim-tim, sem nenhum tipo de subterfúgio, toda a evolução do seu patrimônio. Poucos são os homens públicos que assumem o enriquecimento assim de forma tão transparente. É o que se pode chamar de transparência total, ampla e irrestrita. O fato é tão admirável que o hoje candidato ao Senado da República conseguiu “cavar” espaço em uma reportagem da revista Época desta semana. Ele aparece somente como o décimo político em termos de enriquecimento no poder do Brasil, mas, de qualquer forma é um orgulho para o Amazonas e o seu povo ter um dos seus ex-governantes na lista dos que mais enricaram. É bem-verdade que o atual prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (PDT), quando era dono do jornal Correio Amazonense, declarou ao próprio jornal que apoiara a candidatura de Braga na primeira eleição porque ele teria implorado com o argumento de que estaria “quebrado”. Mas isso é só um detalhe! O que importa é o fato de ter acumulado algo em torno de R$ 4 milhões nos primeiros quatro anos de governo e, nos quatro anos seguintes, ter chegado a R$ 16 milhões. E nada foi escondido do fisco: uma prova irrefutável das qualidades de Braga não-apenas como administrador público, mais ainda, como administrador das suas riquezas. Simplesmente notável! Melhor que isso só mesmo se o patrimônio do povo amazonense tivesse crescido na mesma proporção. Aí, seria digno de reportagem no Fantástico de todos os domingos até o dia das eleições.

Um comentário:

  1. Fernando MArques de Oliveira21 de julho de 2010 16:12

    Olá Amigo, ótima observação a sua com relação ao enriquecimento do ex governador do Amazonas, porém considero um pouco preciptada quaisquer observação definitiva com relação a sua legalidade ou não, prefiro ter em mente que políticos poderosissimos que dizem ter nada, esses sim estão errados e muito!

    ResponderExcluir